top of page

Cronologia Judaica no Brasil


Brasil Colônia

1500 Presença de cristãos-novos remonta ao início da colonização por Portugal.

1500 Gaspar da Gama, que veio com Pedro Álvares Cabral, era provavelmente cristão-novo

1636 Estabelecido em Portugal o Tribunal do Santo Ofício da Inquisição

1591-93 Primeira Visitação da Inquisição no Brasil chega à Bahia

1630-54 Em Recife, sob domínio holandês, formação da primeira comunidade judaica no Brasil

1636 Judeus fundam em Recife a primeira sinagoga das Américas: Kahal Kadosh Zur Israel

1642 Isaac Aboab da Fonseca, nascido em Portugal e habitante da Holanda, se torna o primeiro rabino no Brasil

1644 População judaica em Pernambuco chega a 1.450 pessoas

1654 Com a expulsão dos holandeses, judeus deixam Recife

1739 Antônio José da Silva, “o Judeu”, é condenado à morte pela Inquisição.

1773 Governo do Marques de Pombal abole a diferenciação entre novos e velhos cristãos

1821 Extinto o Tribunal do Santo Ofício da Inquisição em Portugal

 

Império

1824 Primeira Constituição brasileira declara o catolicismo religião oficial, mas proclama a tolerância de outras religiões quando praticadas em espaços privados

1823 Judeus do Marrocos fundam em Belém a sinagoga Essel Abraham

1831 D. Pedro II assume o trono imperial; ele se revelaria hebraísta e estudioso do judaísmo.

1842 Criado o Cemitério judaico em Belém

1849-50 Fundada no Rio de Janeiro a União Shel Guemilut Hassadim

1850 A partir desta época, ocorre um pequeno fluxo de imigrantes para a Amazônia

1867 Fundada no Rio de Janeiro a Alliance Israélite Universelle

1873 Fundada no Rio de Janeiro a Sociedade União Israelita

  

República

1889 Instaurada a República: Constituição garante a igualdade civil, a liberdade religiosa e os cemitérios públicos

1904 Fundação da colônia agrícola de Philipson no Rio Grande do Sul com 37 famílias da Bessarábia

1906 Em Philipson, fundada a primeira escola judaica no Brasil com currículo oficial

1910 Fundada a União Israelita de Porto Alegre

1912 Fundação da colônia de Quatro Irmãos

1912 Em São Paulo, a primeira instituição judaica foi a sinagoga Kahalat Israel

1913 Fundada em Curitiba a União Israelita do Paraná 1913 No Rio de Janeiro, imigrantes sefaradim fundaram a Sociedade Israelita Syria

1915 Editado o primeiro jornal judaico em idiche no Brasil, Di Menscheit, em Porto Alegre

1916 Lançado o primeiro jornal judaico em português, A Columna

1917 Realizado o 1° Congresso Israelita no Brasil

1918 Criados o Centro Israelita de Pernambuco e uma escola, a Ídiche Schul

1919 Decreto municipal autoriza fundação do Cemitério Israelita da Vila Mariana, em São Paulo

1921 Delegado brasileiro participa do 12° Congresso Sionista em Karlbad

1922 1° Congresso Sionista no Brasil e posterior fundação da Federação Sionista do Brasil

1922 Colégio Israelita Brasileiro fundado em Porto Alegre

1924 Fundado em São Paulo o Gymnasio Hebraico-Brasileiro Renascença

1925 Fundada em Salvador a Escola Israelita Jacob Dinenzon

1928 Fundados no Rio de Janeiro a Sociedade Brasileira Pró-Colonização Judaica na União Soviética e o Centro Operário Morris Vinchevsky

1928 Criada a primeira escola judaica em Belo Horizonte

1929 Fundado o Comitê Israelita do Amazonas

1929 Fundado o Centro Israelita de Natal

1929 Funcionam 25 escolas judaicas no Brasil, com 1.600 alunos

1930 Na década de 1930, a população judaica do país chega a 56 mil pessoas

1933 Fundação da Ação Integralista Brasileira (AIB), liderada por Plínio Salgado, Gustavo Barroso e Miguel Reale

1935 Curitiba tem sua primeira escola judaica

1936 Fundação da Congregação Israelita Paulista, em São Paulo

1937 Golpe do Estado Novo, sob o pretexto do “Plano Cohen”

1937 Em Curitiba, Baruch Schulman publica Em Legítima Defesa, uma publicação em defesa dos judeus; em Belo Horizonte, Isaías Golgher cria um Comitê Anti-Integralista

1938 Decretos nacionalistas de Getulio Vargas

1942 Em São Paulo e no Rio de Janeiro, as comunidades participaram das campanhas em prol do esforço de guerra do Brasil

1942 Fundação da Associação Religiosa Israelita (ARI) no Rio de Janeiro

1944 Força Expedicionária Brasileira parte para a Itália e é integrada por 42 soldados judeus brasileiros

1946 Fundação da Federação Israelita do Estado de São Paulo

1947 Em Salvador, é criada a Sociedade Israelita da Bahia

1947 O ministro de Relações Exteriores do Brasil, Oswaldo Aranha, preside a Assembléia Gerald a ONU que partilha a Palestina e leva à criação do Estado de Israel

1948 Fundada a Confederação das Entidades Representativas da Coletividade Israelita do Brasil, depois Conib

1949 Brasil reconhece o Estado de Israel

1952 Brasil abre embaixada em Tel Aviv

1954 Fundado em São Paulo o Instituto Cultural israelita Brasileiro (Icib) junto ao Teatro de Arte Israelita Brasileiro (Taib)

1956 Cerca de 2.500 Judeus do Egito e 1.000 do Norte da África imigram ao Brasil

1956 Imigração dos judeus da Hungria

1957 Fundação do clube A Hebraica, em São Paulo

1961 Fundada a Federação Israelita do Rio Grande do Sul

1964 Fundada a ACIB - Associação Cultural Israelita de Brasília

1967 Fundado o Museu Lasar Segall, com a obra do mais importante pintor judeu brasileiro (1891-1957)

1968 Clube Hebraica fundado em Salvador

1971 Inauguração do Hospital Israelita Albert Einstein

1975 Comunidade judaica critica governo brasileiro pelo voto a favor da resolução da ONU que equiparou Sionismo a racismo

1975 Morte do jornalista Vladimir Herzog e culto ecumênico na Catederal da Sé com rabinos Henry Sobel e Marcelo Rittner

1976 Criação do Arquivo Histórico Judaico Brasileiro, em São Paulo

1976 Fundada em São Paulo a Unibes

1977 Fundada a Federação Israelita do Paraná

1985 Fundado em Porto Alegre o Instituto Cultural Judaico Marc Chagall

1990 É criada a Associação Israelita Catarinense

1992 Criado o Arquivo Histórico Judaico de Pernambuco

2000 Edifício da antiga sinagoga de Recife holandês é tombado pelo Iphan

2003 Eleito para a Academia Brasileira de Letras o escritor Moacyr Scliar

2004 Comitê Israelita do Amapá é fundado

2013 Fundada em Brasília a Brit Bracha Brasil

2015 Fundada em Londrina a Congregação Israelita de Londrina e estruturada a sede da Brit Bracha Brasil.


Capítulo do livro: A Sinagoga, que pode ser adquirido em nossa livraria.

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page