top of page

Por que ingressar em uma congregação reformista?


Talvez você esteja pensando em ingressar em uma sinagoga. Talvez você esteja apenas esperando o momento certo para realmente fazer isso:


  • quando você estiver pronto para encontrar uma comunidade…

  • quando você se casou…

  • quando você tem filhos...

  • quando você precisa de um rabino…

  • quando você puder pagar mais facilmente.


À medida que você lê, esperamos que você veja que é sempre o momento certo para pertencer . É disso que se trata: sua conexão judaica! A sinagoga – uma das instituições mais antigas do Judaísmo – continua a suprir as necessidades espirituais, comunitárias e educacionais de cada geração de judeus.


Cada sinagoga é única, com caráter e cultura próprios e distintos. Mas todas as sinagogas têm uma coisa fundamental em comum: são os centros para a vida judaica na sua comunidade.


Uma sinagoga é um lugar especial porque nutre três coisas que os judeus procuravam para si e para as suas famílias, três coisas que infundem na vida um sentido de significado e realização: comunidade, aprendizagem e espiritualidade.


O VALOR DA COMUNIDADE


Beit k'nesset significa “casa de reunião”, um centro onde os judeus se reúnem para formar uma comunidade. O beit k'nesset é o local para celebrar eventos do ciclo de vida com a família e amigos; unir-se para apoiar uns aos outros em tempos de crise; unir-se para ajudar os necessitados; ou apenas para reunir amigos e conhecer novos.


A Brit Bracha Brasil é muito importante pois através dela pude ser incluído no mundo judaico.

Alexancre Censi


A BBB por meio do judaísmo reformista se esforça para manter a fé judaica relevante no mundo moderno. Isso se traduz em interpretações lei judaica e em um compromisso com a justiça social e a igualdade. As sinagogas são conhecidas por suas comunidades acolhedoras e inclusivas. Ela dá as boas-vindas a pessoas de todas as origens, níveis de observância e crenças, valoriza a experiência espiritual individual. Há espaço para diferentes maneiras de se conectar com Deus e com a tradição judaica.

Josué Ornelas

A Brit Bracha da forma como foi estruturada se tornou uma ferramenta que pode ser muito eficaz no apoio a abertura de muitas Sinagogas no Brasil.

Davi ben Avraham

A Brit Bracha tem sido um divisor de águas em minha espiritualidade, pois tem me permitido conectar-me à Divindade e aos princípios judaicos de maneira lúdica, leve e séria. Me alegra bastante o respeito que existe à individualidade dos membros, nos permitindo criar um relacionamento com o Altíssimo de acordo com nossa essência, ao mesmo tempo que nos oferece uma comunidade acolhedora e igualitária.

David Lisboa

Como alguém envolvido nessa comunidade, vejo sua importância de diversas maneiras: a organização proporciona um espaço inclusivo e acolhedor para judeus, gentios e bnei anussim. Em um país tão diverso como o Brasil, onde diferentes tradições e culturas se entrelaçam, a Brit Bracha Brasil é uma comunidade em que todos podem se reunir, celebrar suas crenças e praticar sua fé de uma maneira que respeite suas convicções individuais.

Ronaldo Teles


O VALOR DA APRENDIZAGEM


Beit midrash significa “casa de estudo”, um centro onde os judeus se reúnem para estudar. No beit midrash , os judeus estudam a Torá, a oração, a história e as respostas judaicas a questões contemporâneas como justiça social, paternidade, ética e muito mais. A maioria das sinagogas oferece uma ampla gama de oportunidades para aprimorar as experiências de estudo para crianças e adultos. Assim, nos capacitamos para transmitir nosso precioso legado de uma geração para outra.


A educação é de alto valor, pois desburocratiza o conhecimento judaico dando acessibilidade a quem busca conhecimento com acessibilidade.

Davi ben Avraham

Na Brit Bracha Brasil o ensino é bem vasto, em comparação ao que é achado avulso na Internet e até por cursos oferecidos por aí é bem superior e honesto quando se trata de diversidade judaica. Acredito ser o melhor que temos em relação ao judaísmo reformista (e isso que importa, ninguém aqui é ortodoxo ou conservador).

Isabella Hadassah

Os recursos oferecidos pela BBB são de valor inestimável. Não apenas temos acesso a uma gama enorme de conhecimento, como aprendemos sobre o porquê de fazermos certas coisas. Isso é de grande ajuda, pois criamos consciência sobre o que realizamos ao invés de simplesmente agirmos de modo mecânico. Além disso, o conhecimento é teórico e prático, enquanto compreendemos sobre espiritualidade, também aprendemos sobre tradições, crenças, pensamentos e moral judaicos.

David Lisboa

O conhecimento oferecido tem o potencial de gerar mudanças positivas na vida das pessoas, as informações podem ser aplicadas na prática para resolver problemas ou tomar decisões.

Josué Ornelas

A aprendizagem oferecida é muito grande permitindo conhecer mais sobre as pessoas e principalmente sobre o judaísmo (historia, religião, conflitos, modernidade, e futuro).

Alexandre Censi

O valor do conhecimento oferecido pela BBB é imensurável em muitos aspectos. A organização fornece conhecimento religioso e espiritual, que é essencial para aqueles que desejam praticar o judaísmo. Isso inclui o estudo das escrituras judaicas, a compreensão dos princípios éticos e morais do judaísmo, bem como a aprendizagem das tradições e rituais específicos da vertente reformista. Esse conhecimento não apenas fortalece a identidade judaica dos membros da comunidade, mas também nos capacita a viver uma vida baseada nos valores judaicos em um mundo em constante mudança.

Ronaldo Teles


O VALOR DA ESPIRITUALIDADE


Beit t'filah significa “casa de oração”, um centro para criar tempo e espaço sagrados. É claro que não é necessário um beit t'filah para vivenciar momentos sagrados ou especiais. Mas quando os judeus se unem para orar, o indivíduo fica ligado ao Divino e os membros de uma comunidade ficam ligados uns aos outros. Não há lugar melhor do que o santuário da sinagoga para procurar e envolver Deus nas nossas lutas e desafios, para encontrar consolo e paz.


Priorizar a espiritualidade em vez da religiosidade tem um valor profundo e significativo para a maioria das pessoas, independentemente de sua afiliação religiosa ou crenças específicas. A espiritualidade muitas vezes transcende fronteiras religiosas e dogmas , permitindo que as pessoas encontrem significado e conexão com algo maior do que elas próprias de uma maneira que ressoa com sua experiência pessoal.

Ronaldo Teles

Na BBB a espiritualidade é trata da experiência individual de conexão com algo maior que si mesmo, o Eterno. Vai além de seguir regras e rituais religiosos. As tradições são respeitadas, mas a ênfase como disse a Chazanit Camilla é conectar com o Eterno.

Josué Ornelas

O foco no espiritual ao invés de no religioso me ajuda muito a aprofundar em minha espiritualidade, pois sinto uma abertura maior para me aproximar do Altíssimo, um caminho mais direto, sem desvios. Ademais, tem me ajudado a enxergar os outros, independente de quem sejam, como criaturas também divinas, e não como oponentes religiosos. Conseguimos nos desviar da armadilha de crer que “somos os únicos conhecedores da verdade” e podemos ver as pessoas além do véu material.

David Lisboa


MITOS SOBRE INGRESSAR EM UMA SINAGOGA


Mito nº 1: Não há lugar para mim... nem tenho certeza se acredito em Deus.


Sempre houve diferenças de opinião em relação à crença e à prática em nossa tradição. O significado da palavra Israel é “lutar com Deus”. A sinagoga proporciona uma atmosfera segura e de apoio para se envolver nessa luta e explorar as próprias necessidades espirituais. Acima de tudo, a vida na sinagoga proporciona uma comunidade forte para ajudá-lo a manter a sua ligação ao Judaísmo e a passar a tocha da Torah às gerações futuras.


Mito nº 2: As sinagogas são apenas para famílias, não para solteiros como eu.


É verdade que as sinagogas têm muitos programas orientados para a família, mas isso não significa que sejam apenas para famílias. Além de programas para jovens e escolas religiosas, muitas sinagogas têm grupos de mulheres, seminários de educação de adultos, oportunidades de liderança, programas de justiça social e, claro, experiências de adoração. A tarefa da sinagoga é melhorar a sua conexão com outros judeus e a sua busca pessoal por significado.


Mito nº 3: Por que devo aderir agora? Meu filho ainda não está pronto para a escola religiosa.


Nunca é cedo demais para fazer parte da comunidade judaica. Embora muitas vezes pensemos que as sinagogas existem para “ensinar o Judaísmo” aos nossos filhos, há muito mais. As sinagogas oferecem oportunidades contínuas para estudar, experimentar e desfrutar de estar conectado a uma comunidade judaica. Quanto às crianças, a maioria das sinagogas oferece programas pré-escolares como um componente importante no desenvolvimento infantil. A sinagoga oferece um local seguro e acolhedor para ajudar seu filho a desenvolver habilidades essenciais, bem como para criar uma atmosfera judaica enriquecedora para ele e para você!


Mito nº 4: Custa uma fortuna ingressar em uma sinagoga!


As sinagogas reformistas estão comprometidas com todo judeu que deseja fazer parte de uma congregação. Um sábio judeu disse certa vez que “os portões da oração estão sempre abertos”. As sinagogas reformistas prometeram manter as suas portas abertas e inclusivas para todos. De mãos dadas com esta ideia segue outra: que “todos os judeus são responsáveis ​​uns pelos outros”. É por isso que os líderes da sinagoga estabelecem uma estrutura de quotas justas – para que os serviços e programas vitais em curso continuem a servir toda a comunidade.


Mito nº 5: Eu não sou judeu e sei que as comunidades judaicas são extremamente fechadas?

Infelizmente esta não é uma inverdade e as comunidades judaicas em toda a América Latina (da Argentina ao México) são extremamente fechadas e não costumam receber não judeus em seu meio e muito menos ajudá-los em seus processos para se unirem ao povo. Entretanto, a Brit Bracha Brasil, segue os parâmetros do Movimento Reformista Brit Braja Worlwide Jewish Outreach (B.B.W.J.O.), com sede nos EUA, e segue seus princípios de levar um Judaísmo acessível a todos baseado em três pilares:

  1. SER UMA COMUNIDADE IGUALITÁRIA, em que homens e mulheres possuem os mesmos direitos espirituais.

  2. SER UMA COMUNIDADE INCLUSIVA, que dá as boas-vindas a pessoas independentemente da religião que estas professem e sem querer convertê-los ao Judaísmo; independe de cor, raça, origem social, renda ou o que quer que seja, todos pertencem a esse corpo único. E,

  3. SER UMA COMUNIDADE PLURALISTA, que recebe todas as ideias judaicas e não-judaicas, em prol do conhecimento e engrandecimento espiritual de seus membros.

Você é convidado a se unir a nós. Clique aqui e saiba mais...


REFORMA DO JUDAÍSMO E VOCÊ


Um rabino boêmio, Isaac Mayer Wise, introduziu o Judaísmo Reformista nos Estados Unidos em 1846. Ele trouxe consigo uma nova orientação judaica emergente na Europa Central e Ocidental para o Judaísmo Reformista - isto é, para introduzir modificações para tornar o Judaísmo relevante e significativo em um sociedade moderna emergente. Houve muitas mudanças no pensamento e na prática e até mesmo mudanças no livro de orações clássico (sidur).


Os primeiros reformadores foram os inovadores teológicos judeus de sua geração.


Hoje, esta orgulhosa tradição continua! O movimento reformista da B.B.W.J.O. as suas sinagogas são os lares espirituais e comunitário de muitos judeus pelo mundo. Alguns de seus princípios orientadores incluem:


  • imersão no estudo (Torah), na oração (avodah) e na realização de boas ações (gemilut chasadim);

  • responsabilidade pessoal pelas escolhas religiosas baseadas no conhecimento e no compromisso;

  • um compromisso com o tikun olam – a reparação do mundo em parceria com Deus – através de atos de justiça social;

  • plena igualdade entre mulheres e homens em todos os aspectos da liderança da sinagoga e da vida religiosa (o movimento reformista ordenou a primeira mulher rabina em 1972);

  • acolhendo todos os que desejam celebrar a vida judaica – solteiros, famílias, casais inter-religiosos, aposentados e jovens adultos; e

  • desenvolver e manter laços estreitos com o Estado de Israel e os seus cidadãos.


Você é convidado a se unir a nós. Clique aqui e saiba mais...


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page