O altar de Josué sobre o monte Ebal

"Então Josué construiu um altar ao Senhor, Deus de Israel, no monte Ebal, segundo a ordem que Moisés, servo do Senhor, tinha dado aos filhos de Israel, como está escrito no livro da Lei de Moisés. Construiu-o de pedras brutas ainda não tocadas pelo ferro. Ofereceram sobre ele holocaustos ao Senhor e sacrifícios de ação de graças. Josué gravou em pedras uma cópia da lei que Moisés tinha escrito diante dos israelitas." Josué, 8, 30-32.

 

Josué, como sabemos, foi sucessor de Moisés, servo do Senhor e, por sua vez, o líder do povo. Ele tinha a missão de conduzir o povo para a terra prometida e ali instalar as doze tribos, e, continuar a missão confiada a ele. Tendo morrido na altura de seus 110 anos, como servo fiel, cumpriu o que lhe fora ordenado a começar por um altar, do qual falaremos agora.

 

E bom deixarmos claro, que a importância deste altar não se deve somente pelo fato de ter sido criado por Josué, mas pela sua relevância histórica, como prova da chegada do povo hebreu nas terras de Canaã e por ser modelo de altar dos dois templos de Jerusalém, a saber o primeiro no século XI a.C., e o segundo templo, por volta de 539 a.C até 70 d.C, quando foi destruído pelos romanos.

 

Pois bem, foi na data de 06 de abril de 1980, nas tradicionais terras de Manassés, que Adam Zertal (1936 -18 de outubro de 2015), Ph.D, professor de arqueologia da Universidade de Haifa, descobriu uma importante estrutura, ou melhor, um altar.

O altar localiza-se no monte Ebal, tal como descrito no relato bíblico. A estrutura é datada de aproximadamente 1250 a.C. Embora as equipes tenham se alegrado em ter encontrado este altar, os estudos ainda se mostravam controversos, uma vez que segundo outros estudos as datas deste altar tornariam impossíveis que o mesmo teria sido construído por Josué.

 

Estudos revelam que o êxodo teria ocorrido em 1446 a.C, ora, como poderia Josué ter construído um altar praticamente 200 anos após os eventos ocorrido?

 

Foi então que em meio as escavações, a equipe do Dr Zertal encontrou, abaixo deste grande altar, um outro de menores proporções, com ossos Kosher queimados, datado de aproximadamente 1405 a.C, muito mais próximo do que era esperado pelas equipes.

 

Foi então que os estudiosos chegaram a uma conclusão, de que o altar mais recente foi feito durante o período da juíza Débora, e, a partir de um escaravelho, datado da época de Tutmés III, foi então aceito que o altar mais antigo, feito sob o altar de Débora, seria então o altar de Josué, construído por ordem de Moisés, assim que o povo ocupasse a terra de Canaã.

 

Sendo assim, podemos ver que cada vez mais, os achados arqueológicos estão de acordo com os relatos bíblicos que, muitas vezes, são colocados em cheque por falta de provas, sendo levados muitas vezes como meras histórias e tradições. Como podemos perceber, desta vez, o altar foi de grande importância para mostrar a veracidade dos relatos bíblicos.

 

Please reload

 

BRIT BRACHA BRASIL - CNPJ: 19.121.806/0001-66  

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social

**** O site da BBB - BRIT BRACHA BRASIL® é autenticado conforme os parâmetros de segurança online internacional de mais alto rigor. Utilizamos de todos os meios para manter a loja de forma estável e segura. Para sua segurança, nunca divulgue sua senha a estranhos. Leia todas as informações concernentes antes de concretizar tua compra. É recomendável usar o navegador Mozilla Firefox ou Google Chrome atualizados, com Flash Player e Java atualizado para navegação livre de erros. Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste website sem autorização por escrito. Todos os direitos reservados à BBB.