Curso de Introdução ao Judaísmo

SEÇÃO 1: INTRODUÇÃO

 

Esta Primeira Sessão tem por objetivos de aprendizagem:

 

1) Iniciar o estudo do Judaísmo de forma ampla, a fim de adquirir um conhecimento histórico mínimo para as discussões posteriores. 

2) Fornecer subsídios de integração entre os participantes, de forma que o curso não seja estanque em si mesmo. 

3) Desmistificar pontos básicos relativos à história de Israel e do povo judeu.

4) Conhecer os participantes e perceber a melhor forma de ajudar no processo individual e particular de conhecimento e de reflexão sobre a fé judaica.

 

ATENÇÃO: Não aceitaremos brigas, revanchismos, agressões ou qualquer manifestação que vá contra os objetivos do curso ou contra a civilidade básica. Respeite as opiniões alheias. Caso isso não seja respeitado, infelizmente, expulsaremos imediatamente o (a) (s) responsável (eis).

APRESENTAÇÃO

 

A Brit Brachá, organização de estudo e ensino a respeito do Judaísmo, é uma entidade de cunho judaico-liberal. Fazemos parte de um movimento dentro do judaísmo que hoje compõe a maioria da população judaica mundial.

 

Em geral, a imagem divulgada na mídia a respeito de judeus é daquela pessoa com certos trajes europeus típicos do século XVIII-XIX, de barba e peyot (aqueles cachinhos do cabelo que são deixados crescer). 

 

Porém, a imensa maioria dos judeus no mundo não se vestem assim. Isso não define o que é ser judeu e - o que é ser judeu - é algo bem mais profundo, multidimensional.

 

Ser judeu contempla múltiplas visões, não necessariamente excludentes entre si. O judaísmo pode ser compreendido como povo, como nação, como religião, como princípios de fé e assim por diante...

Visão Geral do Judaísmo

 

Cabe destacar, já de início, que o Judaísmo não é centralizado como é o Catolicismo. Essa é uma das partes mais difíceis de compreender para quem tem uma história pessoal ou familiar cristã. Não temos um papa ou algum equivalente a isso. Na prática, isso quer dizer que não temos um "corpus fidei" central, definidor, exclusivista e único. Assim, há vários pontos de vista, fazendo parte do que é o próprio judaísmo. Desde pontos de vista culturais, práticas e costumes até visões um pouco diferentes a respeito de certas práticas.

 

Porém, no geral, há um espécie de denominador comum entre as diferentes visões judaicas. Estudaremos mais adiante a respeito. 

 

Basicamente, há 3 movimentos judeus expressivos mundialmente:

 

  • Judaísmo Liberal (Ou Progressista ou Reformista): Herdeiro do judaísmo clássico (judaísmo das épocas antes da era cristã), o judaísmo liberal nasceu da necessidade de adaptar certas práticas menores aos dias atuais. Esse movimento nasceu sob a liderança de diversos rabinos na Alemanha, no século XVIII e XIX, bem como nos Estados Unidos da América. Apresenta uma visão mais humanista, de entendimento das práticas e de participação/integração das pessoas nos contextos celebrativos e do próprio "corpus fidei". Cremos em uma era messiânica que ainda não ocorreu e em vários pontos que serão discutidos em sessões próximas. Um ponto interessante a destacar aqui é que buscamos condições de não-excludência de gênero, por entender que isso é errado e injusto. Com isto, não é raro ter mulheres sendo rabbis no ambiente liberal. Porém, entenda, não é por ser liberal que "as coisas são mais fáceis", como em geral o desconhecedor tende a pensar. Ao contrário, quando se é forçado a pensar sobre o que se crê, mais trabalho é exigido. É mais fácil abrir rotas ou explorar estradas abertas?

 

  • Judaísmo Ortodoxo: Também herdeiro do judaísmo clássico, o movimento ortodoxo foi uma resposta ao movimento reformista, entendendo que não deveria haver adaptação de práticas, mas, ao contrário, que se deveria firmar em pontos como vestimentas e fechamento das comunidades com relação aos pontos de fé e de participação com relação à comunidade, com foco em interpretações místicas e sem o questionamento (ou com o mínimo de questionamento) dos seus pares com relação às práticas e costumes. Nesta linha, nasceu o movimento chamado Chabad, uma linha ligada a certos mestres (Rebbes) considerados como especiais e donos de grande sabedoria (tzadiks= sábios, pessoas elevadas). O movimento Chabad, por exemplo, prega certas práticas de vestimenta que são pouco condizentes com o calor tropical, por entender que isso (a prática vestimentária - na nossa visão, algo acessório), passasse a fazer parte do corpus fidei como peça central). Além disso, creem que um determinado Rebbe tenha sido um Messias, ponto em que divergimos baseado no fato de que não houve cumprimento das profecias - falaremos disso em módulos adiante. Em geral, é um grupo mais fechado, inclusive a conversões, não muito bem vistas nesse ambiente.

 

  • Judaísmo Conservador - Uma variedade de judaísmo que tem aspectos do movimento liberal e da ortodoxia.

 

Cabe destacar, por fim, que há outros grupos que se dizem judeus, mesmo não sendo reconhecidos como tal em contexto religioso estrito. Um exemplo marcante é o Judaísmo Messiânico, versão de um cristianismo modificado, que entende que Jesus, Galileno, teria sido o Messias. No nosso entender (e da imensa maioria dos judeus), não cabe chamar de judaísmo uma prática que é essencialmente cristã, que incorpora fontes externas que contradizem as próprias bases da fé judaica, presentes na Torah e nas transmissões orais transcritas em estudos como Talmud e que se afasta de fundamentos do judaísmo. Este é um assunto complexo e será abordado em um próximo módulo. 

Família de Judeus Ortodoxos

Corpus Fidei (latim): corpo de fé, conjunto definidor do que um grupo ou pessoa crê.

Mulher ordenada rabbi em comunidade liberal

Vídeo 1 - Quem deve ser admitido no Judaísmo?

Cabe destacar que discordar e ter opiniões distintas é algo tão natural quanto ter a própria opinião ou as próprias certezas. 

Vídeo 3 - Vida moral e ética? Pirkei Avot?

Teremos uma sessão direcionada apenas ao Pirkei Avot, dada sua importância e por entendermos que é algo em que podemos contribuir mais com as pessoas em geral.

Breve Conceito a Respeito de Fé no Contexto Judaico

Vídeo 2 - O que é fé desde o ponto de vista judaico?

Nesta parte 1.2, veremos alguns vídeos complementares à parte 1.1.

Todos são vídeos bem curtos e concisos que tentam explanar sobre alguns dos temas acima expostos.

Alguns Pontos Centrais do Judaísmo Reformista

Vídeo optativo - Rabino Jacques, em espanhol, fala sobre alguns aspectos do que é o judaísmo reformista.

BRIT BRACHA BRASIL - CNPJ: 19.121.806/0001-66  

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social

**** O site da BBB - BRIT BRACHA BRASIL® é autenticado conforme os parâmetros de segurança online internacional de mais alto rigor. Utilizamos de todos os meios para manter a loja de forma estável e segura. Para sua segurança, nunca divulgue sua senha a estranhos. Leia todas as informações concernentes antes de concretizar tua compra. É recomendável usar o navegador Mozilla Firefox ou Google Chrome atualizados, com Flash Player e Java atualizado para navegação livre de erros. Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste website sem autorização por escrito. Todos os direitos reservados à BBB.